Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Notícias de 2014 / Março 2014 / Maioria das indicações é referente a demandas da saúde e da educação

Maioria das indicações é referente a demandas da saúde e da educação

por Marcos Matos publicado 02/03/2014 12h51, última modificação 19/05/2015 19h03
Na 4ª sessão plenária legislativa de 2014, realizada dia 24 de fevereiro, 21 indicações e 3 requerimentos foram aprovados por unanimidade pela Casa de Leis de Nova Andradina. A saúde e a educação foram os temas mais recorrentes entre as sugestões e pedidos dos vereadores.

Quemuel de Alencar (PDT) e José Ferraz Chagas Filho (PMDB), o Valmirá do PAX, solicitaram informações sobre o estado de conservação das cadeiras de rodas disponíveis no Centro de Reabilitação (CRENA).

O vereador do PT, Vicente Lichoti, propõe a realização de um mutirão de exames oftalmológicos já que existem aproximadamente mil pessoas aguardando por este benefício. “A fila de espera é grande. O mutirão permitiria que mais pessoas sejam atendidas em menos tempo, diminuindo a demanda por esses exames”, justifica.

Já Aparecido Soares de Oliveira, o Cido Pantanal, pede que as novas ambulâncias adquiridas pelo município estejam equipadas com ar condicionado para oferecer mais conforto aos usuários.

José dos Santos Correia (PMDB), o Zé Bugre, também está preocupado com a comodidade das pessoas, porém, o ambiente é outro - a sala de aula. Zé Bugre sugeriu a instalação de ar condicionado em todas as escolas da rede municipal de ensino. “Essa indicação vem ao encontro das necessidades de estudantes e de professores, contribuindo para uma educação de qualidade, uma vez que a melhoria na infraestrutura beneficia todo o processo de aprendizagem”, justifica.

Quemuel de Alencar e Marião da Saúde pedem que a Prefeitura analise a possibilidade de contratar psicopedagogos para atuarem nas escolas públicas.  Segundo Marião, já existe uma lei aprovada neste sentido, mas até hoje não foi colocada em prática. “A escola é responsável por grande parte da formação do ser humano, o trabalho deste profissional tem um caráter preventivo no sentido de procurar criar competências e habilidades para a solução de problemas”, defende o parlamentar. E Quemuel complementa: “Muitas crianças têm dificuldade de aprendizagem, o psicopedagogo poderia ajudar os pais nesta importante tarefa”, finaliza.

Fonte: Glaucia C. Piovesan / Assessoria

    

Mídias Sociais