Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Notícias de 2014 / Fevereiro 2014 / Preocupado com as condições de trabalho dos agentes de endemias, Nenão pede informações ao governo municipal

Preocupado com as condições de trabalho dos agentes de endemias, Nenão pede informações ao governo municipal

por Marcos Matos publicado 19/02/2014 11h31, última modificação 19/05/2015 19h03
Preocupado com a situação de saúde de diversos integrantes da equipe de agentes de endemias da Prefeitura Municipal, o presidente Newton Luiz de Oliveira (Nenão) encaminhou oficio a secretaria de saúde para solicitar informações sobre as condições de trabalho destes servidores.

 Na tribuna, durante a última sessão ordinária (17/02), Nenão disse que obteve informações de que os agentes estariam com dificuldades de executar suas tarefas, e quando há necessidade de atendimento médico por intoxicação ou outros problemas de saúde causados pelo trabalho, deveriam procurar tratamento com  recursos próprios, já que a Rede Pública de Saúde do nosso município não disponibiliza tal especialista.

 O vereador contou ainda que não conseguiu fazer um requerimento a tempo de constar na pauta do dia, contudo, devido à gravidade do problema resolveu  antecipar a noticia aos demais pares. Segundo ele, os funcionários reclamam que através do Sistema Único de Saúde (SUS) o atendimento é muito demorado e, por isso, são obrigados a procurar atendimento na rede particular, gerando constrangimento, além de acarretar outro problema – a não disponibilização de medicamentos para receituários particulares na rede municipal.

 “Tomei a iniciativa de fazer alguns questionamentos para saber se o governo disponibiliza equipamentos de proteção e segurança, se há informações de que os agentes sofreram intoxicação por algum produto que eles fazem uso no trabalho, se recebem toda infraestrutura para exercer suas atividades, entre outras solicitações. Vou aguardar as respostas e pedir para que a administração dê a atenção e todo o suporte necessários para desempenharem sua função com qualidade e eficiência”, finalizou.

Fonte: Glaucia C. Piovesan / Assessoria

    

Mídias Sociais