Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Notícias de 2014 / Fevereiro 2014 / Moradores do Portal do Parque apelam ao legislativo para conseguir melhorias para o bairro

Moradores do Portal do Parque apelam ao legislativo para conseguir melhorias para o bairro

por Marcos Matos publicado 19/02/2014 09h05, última modificação 19/05/2015 19h03
População reclama que a infraestrutura é precária, há muita sujeira e mato alto nos terrenos baldios e falta segurança

Cansados de esperar por providências do executivo e indignados com a situação de calamidade no bairro, cerca de 30 moradores do Portal do Parque acompanharam ontem (17) a sessão ordinária da Câmara Municipal para reivindicar melhorias. Fabiana Gonçalves Dias, representante do grupo, manifestou-se na tribuna livre, após o término da sessão e pediu apoio dos vereadores para resolver os problemas.

Fabiana.jpgFabiana enumerou as principais dificuldades enfrentadas no dia a dia dos moradores. Segundo ela, os moradores são obrigados a conviver com ratos, baratas, escorpiões e outros animais peçonhentos dentro das suas casas. A coleta de lixo domiciliar não funciona acumulando sujeira e mau cheiro nas calçadas. Além disso, a população reclama de mato alto nos terrenos baldios  e da falta de policiamento nas ruas.

O presidente do legislativo, Newton Luiz de Oliveira (Nenão), elogiou a iniciativa dos moradores, disse que a manifestação é legítima e que os vereadores estão atentos a essas questões. “A Câmara é a Casa do Povo. Aqui é o lugar para reivindicar, mostrar indignação e lutar pelos seus direitos. A maioria dos vereadores conhece a realidade do bairro, fez indicações e procurou resolver a situação, porém até agora nada foi feito. Vamos juntos tentar buscar soluções junto ao prefeito. O caminho é esse, porque só o executivo pode fazer obras e melhorias para atender as reivindicações da população”, comentou.

Ao final, ficou acordada a criação de uma comissão formada por representantes da Associação de Moradores (ainda não formalizada) e vereadores, que deverá se reunir com o executivo municipal nos próximos dias para discutir esses problemas.

Fonte: Glaucia C. Piovesan / Assessoria

    

Mídias Sociais